Dióxido de Titânio

(0)
Cód: P-38
Referência: P-38
Carregando...
+ ver formas de pagamento
Simulador de Frete
- Calcular frete

O dióxido de titânio pode ser utilizado como função de bloqueador da radiação ultravioleta aumentando o fator de proteção solar de um produto cosmético, atingindo um espectro entre a radiação UVB e UVA.

Para tamanhos de partículas abaixo de 300nm o produto não proporciona efeito esbranquiçado na pele.

O dióxido de titânio é insolúvel em água e em óleo, sendo apenas dispersível nestes meios ou em silicone. Para contornar esse problema, novas tecnologias tem surgido com sucesso, como a micronização/nanosferização das partículas. Desta forma podemos formular produtos mais estáveis e com aspecto mais agradável.

Não é necessário um esforço elevado para se obter uma boa dispersão. Sob condições laboratoriais, a simples agitação sem homogeneização é suficiente. Não é necessária preparação de pastas semifluidas.

O dióxido de titânio micronizado pode influenciar a viscosidade das formulações promovendo o seu aumento, uma vez que eleva a densidade da fase interna das emulsões. Também não deve ser utilizado em formulações que contenham carbômeros devido a incompatibilidade química.

APLICAÇÕES PRINCIPAIS:

O dióxido de titânio é utilizado na indústria cosmética em produtos como

  • batons,
  • cremes,
  • pasta de dente,
  • protetores solares e
  • pós para maquiagem.

 

Protetor solar e absorvência de UV em cosméticos: Os protetores solares, bloqueadores de UV e produtos cosméticos para pele, usam o dióxido de titânio como um pigmento, protetor solar e espessante. Ele também é usado como pigmento de tatuagem e em lápis hemostático. O dióxido de titânio é encontrado em quase todos os protetores solares, como um bloqueador físico por causa de seu alto índice de refração, sua grande capacidade de absorver a luz UV e a sua resistência à descoloração sob esta luz. Esta vantagem aumenta a sua estabilidade e capacidade de proteger a pele dos raios ultravioleta. Protetores solares projetados para crianças ou pessoas com pele sensível, são geralmente baseados em dióxido de titânio e / ou óxido de zinco, uma vez que estes bloqueadores de UV mineral são tidos como causadores de  menos irritação à pele do que outros produtos químicos que absorvem o UV. As partículas de dióxido de titânio utilizado em protetores solares devem ser revestidas com sílica ou alumina, porque o dióxido de titânio cria radicais na reação foto catalítica. Estes radicais são cancerígenos e podem prejudicar a pele.



Antes de qualquer aplicação recomendamos que procure um profissional qualificado e de sua confiança.

CONCENTRAÇÃO DE USO:

  • Para protetores solares é utilizado uma concentração de 1 a 10%.
  • De acordo com a RDC 47 de 26 de agosto de 2006 a concentração máxima permitida em produtos cosméticos é 25%.



CERTIFICADO DE ANÁLISE

NOME PRODUTO:                     DIÓXIDO DE TITÂNIO
CAS:     13463-67-7
NOME CIENTÍFICO:    Titanium dioxide

    

               
Propriedades Organolépticas

APARÊNCIA:     Pó
COR:     Branco

Propriedades Físico-químicas

PH:    ***    Resultado: 8,50
UMIDADE (%):    ***    Resultado: 0,09
TIO2 (%):    ***    Resultado: 94,60
RESIDUO EM PENEIRA (125 micron):    ***    Resultado: 0,0010
RESIDUO EM PENEIRA (45 micron):    ***    Resultado: 0,0024


ARMAZENAGEM: Manter recipiente bem fechado, armazenado em local fresco e arejado, ao abrigo da luz. Os frascos são apenas refil.
 
PRAZO VALIDADE: Sob condições normais de armazenagem, 24 meses após fabricação.



Obs: Não contém OGM, sem ingredientes de origem animais e não utilizado para teste em animais!


Laudo transcrito com informações originais do fabricante e emitido eletronicamente, não necessita de assinatura.
 

    Utilizamos cookies para oferecer melhor experiência, melhorar o desempenho de uso em nosso site e personalizar conteúdo. Ao utilizar este site, você concorda com o uso de cookies e nossa política de privacidade: http://www.destilariabauru.com.br/privacidade